Casos do Beco das Sardinheiras

Mário de Carvalho

You are here: Home - Uncategorized - Casos do Beco das Sardinheiras


Casos do Beco das Sardinheiras

Casos do Beco das Sardinheiras O Beco das Sardinheiras um beco como outro qualquer encafuado na parte velha de Lisboa Uns dizem que de Alfama outros que j de Mouraria e sustentam as suas opini es com s lidos argumentos topogr fic

  • Title: Casos do Beco das Sardinheiras
  • Author: Mário de Carvalho
  • ISBN: 9722105922
  • Page: 429
  • Format: Mass Market Paperback
  • O Beco das Sardinheiras um beco como outro qualquer, encafuado na parte velha de Lisboa Uns dizem que de Alfama, outros que j de Mouraria e sustentam as suas opini es com s lidos argumentos topogr ficos, abonados pela doutrina de olissiponenses egr gios Eu, por mim, n o me pronuncio Tenho ideia de que ali mais Alfama, mas n o ficaria muito escarmentado se me p O Beco das Sardinheiras um beco como outro qualquer, encafuado na parte velha de Lisboa Uns dizem que de Alfama, outros que j de Mouraria e sustentam as suas opini es com s lidos argumentos topogr ficos, abonados pela doutrina de olissiponenses egr gios Eu, por mim, n o me pronuncio Tenho ideia de que ali mais Alfama, mas n o ficaria muito escarmentado se me provassem que afinal Mouraria Creio que o nome lhe vem das sardinheiras que exibem um carmesim vistoso durante todo o ano, plantadas num canteiro, que rompe logo esquina, n o longe da drogaria que j fica na Rua dos El ctricos A gente que habita o Beco como a demais Nem boa nem m Tem sobre os outros lisboetas um apego ainda maior ao seu s tio e s suas coisas Desde h muito tempo que n o h mem ria que algum dos do beco tenha emigrado de livre vontade.

    • [PDF] Download ✓ Casos do Beco das Sardinheiras | by ✓ Mário de Carvalho
      429 Mário de Carvalho
    • thumbnail Title: [PDF] Download ✓ Casos do Beco das Sardinheiras | by ✓ Mário de Carvalho
      Posted by:Mário de Carvalho
      Published :2018-010-21T09:37:02+00:00

    One thought on “Casos do Beco das Sardinheiras

    1. Célia Machado on said:

      “C’um catano”! “Azamboada” que fiquei! Nunca pensaria “num tal semelhante”!Um livro “escanifobético”, de “alto lá com ele” , e “onde importa sobremaneira não confundir género humano com Manuel Germano”!

    2. Ana Dias on said:

      Antes de mais nada, sou obrigada a dizer que a escrita de Mário de Carvalho é qualquer coisa de não sei bem. Faz-me lembrar Alice Vieira nos seus livros mais divertidos, mas ainda é mais deliciosa e divertida. Carregadinho de personagens-tipo, neste caso os clássicos "tugas", e num espaço tipicamente lisboeta, o resultado são onze histórias em que acontecem uma série de situações insólitas que acabam por ser resolvidas ao bom "desenrrascanço" dos portugueses. Tenho pena que se leia [...]

    3. Mariana Lemos on said:

      Livro que li num dia. Tem uma escrita simples mas ainda assim muito boa.Recomendo.

    4. Catarina on said:

      Este é um livro pequenino, que se lê rápido e bem, mas que ao mesmo tempo consegue ensinar-nos algumas palavras novas. Mário de Carvalho conta as histórias do Beco das Sardinheiras com humor, e se inicialmente pensamos que os habitantes do Beco são todos disparatados, depressa nos afeiçoamos a eles e, de um caso para outro, sentimos que já são velhos amigos que estamos a rever.Gostei muito deste livro, da escrita de Mário de Carvalho, e de descobrir as coisas doidas que acontecem neste [...]

    5. Filomena Mourinho on said:

      O Beco das Sardinheiras é um beco muito sui generais de Lisboa. Lá moram muitas personagens interessantes, mas, mais importante ainda, lá acontecem muitas coisas insólitas. Só que não faz mal. Os casos não têm solução lógica, mas de uma forma ou outra tudo se resolve. É uma leitura leve, divertida que ajuda a passar um bom final de tarde no sofá.

    6. Raquel Curvacheiro on said:

      Quando se trabalha numa livraria e se tem a paixão pelos livros, é inevitável que os livros que mais nos pedem nos comecem a a atiçar a vontade de os folhear. Aconteceu-me já com o "História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar", e, agora, com este maravilhoso livro de contos. Já aqui disse que os contos não são o meu estilo literário de eleição. Por norma fico sempre com vontade de mais e pergunto-me por que motivo o/a autor/a não investiu um pouco mais de tempo e trabalho [...]

    7. Tatiana on said:

      34. A book from the library (2016 reading challenge)11. Read a book under 100 pages (2016 read harder challenge)13. Reader's choice (Around the year in 52 books: 2016)3.5/5 starsA minha mãe, que é a professora de Português, tinha de ler este livro para ajudar uns alunos a se prepararem para o concurso de leitura. Quando olhei para ele, pensei "Why not?"Os livros de autores portugueses nunca me satisfazem muito, mas neste caso até foi uma surpresa. Achei piada a todas as histórias iniciarem [...]

    8. Maria Carmo on said:

      I loved this book by Mário de Carvalho. Here he expresses all his incredible creativity and imagination, creating a series of stories that are touched by Magic realism Very much in the spirit of much literature from Portugal, Spain and Latin America, and also in the spirit of some Portuguese speaking writers of African countries, this book is a joy to read and a confort for the soul.Just a few days ago I had written about another book by the Author that did not manage to "touch" me, even tough [...]

    9. Vera Magalhães on said:

      As personagens de Mário de Carvalho são inesquecíveis: o Zé Metade, o Quim Ambrósio, o VirgulinoO enredo inesperado de cada capítulo (que funciona como um conto) levou-me a ler o livro de uma só vez.Gostei muito dos capítulos "A Algaravia", "A Pedra Preta" e "Chuva ao domicílio".

    10. João Varela on said:

      Um livro muito engraçado de contos baseados creio eu no bairrismo de um bairro ou por outra um beco lisboeta. Na rota do fantástico e engraçado, fiquei surpreendido com a qualidade e com a simplicidade do conto. Recomendo.Óptimo livro de verão para se levar para a praia ou para uma esplanada ;)

    11. Armando Rodrigues on said:

      Continuo a ficar deliciado com as obras deste autor! Contos e personagens simples, naturais e surreais.certamente a melhor obra que li nos últimos tempos!!!

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *